core6

Um roteiro digno dos melhores filmes policiais. Assim foi a ação cinematográfica protagonizada por agentes da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil, que impediu o roubo a um carro forte, na Região de Pendotiba, em Niterói, na tarde desta quarta-feira, dia 26 de fevereiro.

Após descobrirem o plano montado por criminosos da facção Comando Vermelho (CV) para interceptar o veículo e levarem o dinheiro, policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) solicitaram o apoio da especializada. Os agentes substituíram os vigilantes e surpreenderam os bandidos, que aguardavam o carro-forte na Rua Washington Luís, no bairro Sapê, por volta das 14h.

core5

Ao abordarem o veículo, de armas em punho, os criminosos foram surpreendidos pelos policiais. Havia seis agentes da Core no interior do carro-forte e cerca de 10 posicionados em pontos estratégicos. Houve intensa troca de tiros, que deixou marcas em muros de residências na via. Seis dos assaltantes morreram no confronto. Um deles foi detido. Os agentes apreenderam granadas, pistolas e fuzis 762.

Entre os mortos estariam os traficantes conhecidos como Gê Gatinho e Tinenem, apontados como chefes do tráfico no Morro do Viradouro, em Santa Rosa, na Zona Sul, e no Complexo da Lagoinha, no bairro Caramujo, na Zona Norte de Niterói, respectivamente.

core3

De acordo com investigações da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), este último seria um dos envolvidos na execução do sargento Joilson da Silva Gomes, 40 anos, ocorrido na manhã do último domingo, dia 23 de fevereiro. Lotado no Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) do Caramujo, ele estaria impondo prejuízo com diversas prisões e apreensões nas bocas-de-fumo controladas por Tinenem.

No final da noite, cinco dos seis mortos foram identificados pela Polícia: Itamar de Assis Coelho, o Tamar do Caramujo, Marcelo Roberto da Conceição, o Marreco, Marcos da Costa Brasil, Herlon Domingos da Silva, e Roberto Ferreira Vieira, o Robertinho do Jacaré, 39.

core2

Foragido do Instituto Penal Vicente Piragibe, no Complexo de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, Robertinho do Jacaré saiu pela tubulação de esgoto, em fevereiro do ano passado, e controlava bocas-de-fumo no Morro do Alemão e na Favela do Jacarezinho. Contra ele havia um mandado de prisão expedido e o Disque-Denúncia oferecia uma recompensa de R$ 1 mil a quem desse informações que auxiliassem na recaptura dele.

Equipes da Core, da DRF e da DHNSG estiveram no local acompanhando o trabalho de peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE). Foram necessários dois rabecões do Corpo de Bombeiros para remover os corpos. Eles foram levados para o Instituto Médico Legal (IML), onde permanecem aguardando que familiares compareçam para fazer o reconhecimento.

core1

Próximo ao local do confronto, crianças assistiam aula no Centro de Ensino Edna Gomes da Silva e no pré-escolar Arco-Íris.

“Foi muito tiro. Parecia que o mundo ia acabar. Graças a Deus nenhum inocente ficou ferido”, declarou uma professora que pediu para não ser identificada.

Na tentativa de desviar atenção do policiamento para outra região, dois bandidos em uma moto passaram em frente à 77ª DP (Icaraí) e efetuaram disparos de fuzil, além de lançarem uma granada contra a unidade. O artefato não explodiu, mas um trecho da Rua Lemos Cunha, em Icaraí, na Zona Sul, permaneceu interditado enquanto a Polícia aguardava a chegada de equipes do Esquadrão Anti-Bombas.

core4

“Eu estava saindo do trabalho e ao invés de pegar um táxi como faço normalmente, resolvi ir caminhando. Quando ouvi o primeiro barulho, virei pra trás e vi dois caras em uma moto. O da garupa tinha um fuzil na mão. Só tive tempo de tirar os sapatos e correr”, relatou uma veterinária que preferiu não se identificar.



style="display:inline-block;width:300px;height:250px"
data-ad-client="ca-pub-3066254989306229"
data-ad-slot="5389270484">




Print Friendly
Share in top social networks!